China: serviços de internet agora dependem de pré-aprovação estatal

De acordo com uma notícia publicada pelo Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China, o governo da República Popular da China lançou, no fim de janeiro, uma campanha de 14 meses para encerrar plataformas de Internet não autorizadas, o que inclui serviços VPN voltados para burlar censura, além de provedores de internet, redes de distribuição de conteúdo.

Continue lendo

Propagandistas prometem boicotar sites piratas, após visita policial

A Unidade de Crime contra a Propriedade Intelecutal da Polícia do Reino Unido disse, em janeiro, ter visitado 8 companhias onde observava-se estarem propagandeando em sites piratas. As visitas, feitas juntamente do FACT, IFPI, BPI e PRS, resultaram em promessas das organizações no sentido de pararem de propagandear em 1.232 sites piratas que constam na IWL (mantida pela polícia e pelos detentores de direitos de cópia).

Continue lendo
1 2 3